segunda-feira, 10 de dezembro de 2007

Pescam-se bons actores no mar das comédias

Pegando na cauda do post anterior queria falar de Superbad. Ou melhor de Michael Cera. Ele, para além de ser um grande actor de comédia, tem tudo para ser um grande actor em todas as outras casas, caindo-lhe que nem uma luva papeis de nerd, de freek, de esquisitóide ou esquisito...de pessoa normal (como Adam Sandler). Com uma aura alienada, Cera é o que de melhor existe na sua geração. O filme em si é divertido, bons actores, muita pedalada e toda a cena à volta do McLovin é sem dúvida deliciosa. Mas melhor que tudo isto é que está aqui um diamante, daqueles grandes. Agora é saber estimá-lo.
E Juno que nunca mais chega...

4 comentários:

Jp disse...

Ainda não vi o Superbad, mas se for um actor à Judd Apatow (tal como Steve Carell, Paul Rudd, Seth Rogen, Jonah Hill e outros) deve ser mais um "comedy wonder".

Esperemos para ver...

M.Ferreira disse...

É sem dúvida um puto maravilha e daqueles que vai ficar óptimo em comédias desgraçadas sobre falhados igualmente desgraçados

M.Ferreira disse...

O Seth Rogen é que ainda não me conseguiu surpreender, mas se calhar foi por ter achado o Knocked Up uma desilusão...

Jp disse...

O knocked up, uma desilusão??
Que filmão, se faz favor...