segunda-feira, 29 de junho de 2015

A televisão é mil vezes melhor, vezes infinito, ao quadrado, que o cinema

Era só tique da moda. Para ver se caem. Porque o resto não tem nada a ver, ou melhor é sobre televisão e cinema, mas sem escarretas. Essencialmente são dois pontos, que gostava de vos expor, um de desagrado e o outro de "olha que bem". Primeiro, então oh meus meninos, porque é que ninguém me avisou que o Axel, sim esse Axel, tem um programa de cinema na Benfica Tv que é o CineBenfica. Foda-se anda aqui um gajo amargurado à procura de uma nova referência cinéfila nacional e ela navegava mesmo por debaixo do meu relvado. A segunda, é sobre a última gala do Ídolos, onde o tema foi o Cinema. Para não fugir, é sempre, com o She e o meu coração continua, e as merdas do pré-escolar. Não foi essa a parte boa: abertura ao som de Mad Max: Fury Road com um Manzarra cosplay da personagem. Horário nobre, 7ª arte, Miller a dar as boas vindas. Inevitável clap, clap, clap.

3 comentários:

Carlos M. Reis disse...

Não tinha visto esta do Ídolos. Well done! Quanto ao Axel, já foi pior... agora imagina!

Ana S. disse...

O Axel é uma caixinha de surpresas. Já não chega ele andar a comentar as lutas de MMA, agora também é virado para o cinema? Já começo a gostar dele.

Miguel Ferreira disse...

É daquelas que nem no meu sonho mais Lynchiano. Mas existe, por isso é estranhar para depois entranhar e finalmente abraçar.