sexta-feira, 1 de abril de 2011

Hoje envelheci. E sinto-me assim.

Sem comentários: