sexta-feira, 23 de agosto de 2013

O choque em cuecas


As melhores manhãs são estas, as do choque. Um gajo acorda, vê um episódio de Dexter, vomita e depois vem descobrir que novidades tem para ele encerradas esta pequena caixinha a que dão o nome de internet. E pronto, o Ben Affleck vai ser o novo Batman, naquele novo filme do Superman, onde os dois vão andar aos beijinhos na boca. Ora bem, o que aqui me quer parecer é que qualquer Homo sapiens com a capacidade da fala estaria bem num filme do Snyder. Aliás, aquela parede de betão armado  de seu nome Henry Cavill não fez mais do que estar, e não ouvi tantas queixinhas. Por isso qual é o problema amigos? O tempo é curto e temos de rebentar com as merdas, de forma absolutamente espectacular. E sejamos sinceros, o Bale nestes últimos tempos a representar parece o Manuel Cavaco nos Olhos de Água, por isso pode ser que o barbas até consiga oferecer mais uma ou duas expressões faciais diferentes.

quinta-feira, 22 de agosto de 2013

Bruxas com açucar

Podiam ter avisado que o Hansel tinha diabetes. De génio. 

3 gladiadores e um vulcão

Gosto muito do modo como ele diz Pompei no final, apesar de não ser de todo indiferente ao chocolate do Jon Snow

sexta-feira, 16 de agosto de 2013

Rumor Ewan McGregor em Star Wars: Episode VII. Personagem Obi-Wan Kenoldie.

quarta-feira, 14 de agosto de 2013


Ai Cersei a quanto obrigas

Conhecem aquele momento em que alguém está quase quase a falecer e mesmo no último instante algo acontece. Pois bem The Purge é isto vezes 30, do início ao fim. Ai ai que eu vou morrer, ai não me mates. Pum pum, personagem sai detrás da escrivaninha para salvar a outra. Pum pum, personagem que sai debaixo da carpete para salvar a Lena Headey. Sim só lá fui por ela, pois citando o grande poeta meu irmão: qualquer filme com a Cersei tem de ser visto. Absolutamente horrível.

terça-feira, 13 de agosto de 2013

A grande recomendação


Ninguém dá nada, ninguém conhece. Orphan quê? Black, Orphan Black. O que sucede é aquele reencontro surpreso de quem não consegue parar. "Muito bom, viciado, butal". Eu avisei, ou melhor, avisaram-me e eu passei palavra, como bom acólito fanático que sou. Tu que não viste esquece lá o que estás a fazer, deixa a Grey e as outras sopas. O que Tatiana Maslany faz nesta série da BBC America é algo de extraordinário e inesquecível. Tão complexo e elaborado que nos confunde, repartindo-se nas camadas. No jogo de espelhos, porque entreter é esse tabuleiro. Vénia. 

segunda-feira, 12 de agosto de 2013

Necessariamente o poster

Necessariamente a canção do obviamente necessário trailer.

I want you to talk about women.

The Psychiatrist: Women. You get to talk about women.
Thomas Crown: Oh, I enjoy women.
The Psychiatrist: Enjoyment isn't intimacy.
Thomas Crown: And intimacy isn't necesarily enjoyment.

quarta-feira, 7 de agosto de 2013

Poema com benefícios

Ele disse que não quis
e que preferia ver a Lua
o problema é que a Kunis
aparecia toda nua.

Rir faz bem


Só agora é que percebi que a Ellen vai apresentar os Óscares do próximo ano. O que me obriga então a guardar todos os folhetos das autárquicas e na noite da cerimónia mantê-los no colo. Deito olho e assim sempre largo uma gargalhada, para não parecer mal.

terça-feira, 6 de agosto de 2013

A maratona está quase no fim. Para depois as estrelas dormirem descansadas. Falta Elysium e se calhar outro que me escapa agora. Foi uma corrida de altos e baixos, que teve o mérito de trazer o género às telas. Em força. E se nem tudo foi bom, houve aquele pulsar constante e unificador: as bandas-sonoras.